Gestão de Ativos

A gestão de ativos consiste em boas práticas que podem ser utilizadas pelas organizações em seu processo de controle de ativos e que buscam alcançar um resultado desejado e sustentável. O IAM (Institute of Asset Management) define Gestão de Ativos como sendo a ação coordenada de uma organização para realizar valor com seus ativos.

A gestão

A gestão de ativos refere-se ao controle de todo o ciclo de vida de um ativo, desde sua aquisição até o seu descarte. Neste tipo de gestão devem ser considerados todos os controles necessários para garantir o registro de detalhes e valores de um ativo, que devem estar condizentes com os dados registrados no sistema/software utilizado, e deve garantir o controle de entrada e saída, reposições e reconciliação do balanço do estoque. Normalmente uma organização pode considerar o Ciclo_PDCA para criar seu processo de gestão de ativos.

Um ativo se caracteriza por todo objeto, tangível ou intangível, que uma empresa pode controlar, por exemplo:

  • Equipamentos de TI
  • Contratos
  • Equipamentos utilizados no processo de produção, caracterizando o maquinário
  • Marcas
  • Ferramentas e materiais
  • Know-how
  • Ferramenta de trabalho disponibilizado aos funcionários, por exemplo: veículos, telefones, celulares, tablets, notebooks, desktops, impressoras, etc.
  • Inservíveis (sucatas) e/ou subprodutos da produção.

Benefícios

 Essa gestão tem o objetivo de priorizar investimentos e concentrar esforços nos ativos mais críticos, que sustentam os processos da organização. Desta forma, cada organização poderá focar nos benefícios que trarão maior ganho a sua empresa:

  • Rastreabilidade dos ativos;
  • Otimização do uso dos ativos em todo seu ciclo de vida;
  • Aumento da disponibilidade dos ativos;
  • Redução dos custos em reparos e aumento de produtividade;
  • Melhoria do planejamento das ações sob os ativos;
  • Qualidade dos serviços prestados aos clientes;
  • Maximização dos resultados da empresa;
  • Segurança e conformidade com as regulamentações

As principais vantagens na venda de um ativo são que libera espaço físico, entra um recurso financeiro não esperado no caixa e no bottom-line da empresa, e dá uma destinação sustentável e ambientalmente correta para o ativo inservível.

A GDA Leiloar

A GDALeiloar se especializou aos longos dos anos em prestar todos esses serviços aos seus clientes, com o objetivo de gerir e transacionar ativos em desuso, hibernados, inservíveis e subprodutos de produção. Nos adequamos aos critérios de governança corporativa e Compliance de nossos clientes, buscando a maximização do valor de venda e a destinação sustentável em relação ao meio ambiente e a sociedade.

Realizamos a gestão de ativos através de uma equipe especializada e capacitada, bem como, a utilização de softwares que consistem em cinco processos básicos para a gestão de ativos: redução de custos e perdas; adequação ao perfil de venda e demanda dos inservíveis; sinergias operacionais; padronização no fluxo de saída de ativos e rastreabilidade. Tudo isso para controlar todo o processo logístico desde a necessidade de aquisição de ativos até a disponibilização para o usuário final.

Utilizamos o sistema de WMS (Warehouse Management System) como ferramenta necessária para gestão de armazenagem dos ativos; desde sua aquisição até a efetiva expedição a seus compradores. Entre em contato hoje mesmo e entenda mais como podemos ajudar sua empresa a contribuir com a sustentabilidade do meio ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *